Terça-feira, 29 de Março de 2011

Ui, eu, em destaque?

Fui totalmente apanhada de surpresa. Confesso que este sentimento é um pouco agridoce. Por um lado, fui destacada, e claro que isto me deixa feliz. Especialmente considerando a falta de inspiração (e por vezes vontade, tenho de admitir) que ultimamente tenho sentido. Mas fui destacada, lalalala, olhem para mim a fazer a dança da vitória em frente ao portátil!

Por outro lado... Vêm-me logo à memória os destaques do outro blog. Foram bastantes, incharam-me de orgulho, e agora, ao ser destacada novamente... Fico com saudades. Só um pouquinho de nostalgia.

Mas pronto, obrigada ao Sapinho pela honra, que isto de se ser destacada é uma coisa super porreira. A Mimi agradece com muitos beijinhos piegas :)


tags:

publicado por Petit Mimi às 22:53 | link do post | comentar | ver comentários (5)

Segunda-feira, 28 de Março de 2011

Este filme espanhol saiu em 2008. Claro que não foi um êxito de bilheteiras, claro que não estreou em nenhuma sala de cinema portugesa, claro que os críticos não o discutiram num programa de tv - apesar de ter sido o grande vencedor dos prémios Goya desse mesmo ano. Mas não cumpria o requisito de ser uma produção hollywoodesca, nem ter um puto saído do Disney Channel como estrela principal.

Só agora, 3 anos depois, é que "Camino" estreou em Portugal. E eu pergunto-me, quantos mais filmes brilhantes estaremos nós a deixar passar, cegos pela luz aparente dos filmes americanos.

Aconselho, não só pela história, pelo conceito, e pela maravilhosa actriz-revelação, mas acima de tudo pela mensagem que transmite.

 

 

 

 


tags:

publicado por Petit Mimi às 23:37 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 26 de Março de 2011

 

"Look, in my opinion, the best thing you can do is find a person who loves you for exactly what you are. Good mood, bad mood, ugly, pretty, handsome, what have you, the right person is still going to think the sun shines out your ass. That's the kind of person that's worth sticking with"


tags:

publicado por Petit Mimi às 15:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 25 de Março de 2011

 

As senhoras fazem xixi em pé. Pode escolher-se um traço de personalidade em que os nossos pais foram comidos por uma baleia. Os médicos usam sanguessugas para curar os pacientes. Podem caçar-se ursos e cozinhá-los. Se alguém se portar mal (ou pura e simplesmente, se o rei estiver aborrecido) pode ser condenado à morte, ou apenas a ser humilhado na praça Pública. Ninguém precisa de tomar banho.

Afinal, estamos a falar dos tempos Medievais...

Cá em casa é a loucura, meus amigos, a loucura!


tags: , ,

publicado por Petit Mimi às 19:22 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Terça-feira, 22 de Março de 2011

E o que eu gosto da Primavera? De acordar com passarinhos a chilrear, de ver as minhas sardas reaparecer, de pintar as unhas dos pés de cor de rosa e aproveitar qualquer oportunidade para as exibir...

Tudo recomeça na primavera. Tudo se transforma. Tudo renasce.

Gosto (muito) disso.


tags:

publicado por Petit Mimi às 12:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quinta-feira, 17 de Março de 2011

Ontem, que tive praxe a noite inteira, dei por mim a encontrar alento no mocinho do 127 hours.

 

Spoiler )

 

Comparado com isso, passar a noite ao relento, a tilintar de frio e a rastejar em óleo de fritar peixe e vinagre, não parece assim tão mau.

 

 

 

 


tags:

publicado por Petit Mimi às 23:31 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 

Eu ando na praxe. Porquê? Boa pergunta.

Meti na cabeça que ia fazer a praxe. Ninguém cá em casa acreditava muito nisso, desatavam a rir-se de mim, que não tinha perfil para ser praxada. Mas que é isso? Que ninguém me diga o que posso ou não fazer! E para lhes mostrar a todos que estavam enganados, no primeiro dia de faculdade lá fui eu para o meio de mais de meia centena de caloiros com uma tshirt cor-de-laranja.

Bem, a verdade é que foram os elementos da praxe que mais me ajudaram quando pus os pés na faculdade pela primeira vez. Se não fosse uma Doutora do 2º ano super querida e simpática, provavelmente tinha demorado meia hora para encontrar a secretaria, mais meia para encontrar o serviço de informática, e pelo menos 1 hora para acabar o processo de matrícula. Com a ajuda dela, em meia hora fiz tudo isto, e ainda tive direito a uma visita guiada pela faculdade e um monte de dicas que me têm sido muito úteis.

Quero com este engonhanço todo dizer que nos primeiros dias, fui para a praxe toda contente, cantar músicas, voltar para casa com a roupa toda suja, que altamente!

Obviamente, esses tempo já lá vão.

Ultimamente, só vou à praxe porque a Calvin - caloira convicta, apaixonada por todo o conceito de tortura da praxe - me obriga. Tenho chorado de desespero enquanto os doutores nos berram, e tido pesadelos que envolvem lama, as minhas Nike branquinhas, e cambalhotas na dita da lama. O pior, é que isto não foi apenas um pesadelo.

Não sei porque continuo lá. Descobri que a praxe se assemelha em muitos aspectos a um grupo fascista - e sabe Deus o quanto eu desprezo os fascistas. Podem ter muito boas intenções, mas a verdade é que a maior parte das vezes tudo não passa de humilhção, dor, chantagem psicológica e muitos, muitos castigos por coisas que parecem perfeitamente aceitáveis do ponto de vista de uma pessoa normal. Além disso, percebi que a hierarquia é claramente dominada por homens. Aliás, é totalmente dominada por homens. Não existe nem nunca existiu uma única rapariga a ocupar os cargos superiores. Em toda a Academia do Porto.

Ora, isto não faz sentido. Não faz, ponto final. Já nada daquilo faz sentido para mim. Eles dizem que tudo isto só nos vai tornar mais fortes, mas caramba, eu só me sinto estúpida, por perder tanto tempo na praxe só para ser gozada e para passar a tarde de quatro.

Enfim, também não vou desistir, agora que falta apenas um mês para a Queima das Fitas. Agora vou até ao fim, vou comprar o traje, e vou desfilar no cortejo com aqueles sapatos que matam os pézinhos delicados de meninas como eu.

 

Isto tudo só para avisar, que se estão a pensar entrar em Psicologia no Porto nos próximos anos... Cuidado, porque há grandes probabilidades de eu me tornar numa Doutora frustrada e com muita, muita, vingança para espalhar.


tags:

publicado por Petit Mimi às 22:50 | link do post | comentar | ver comentários (15)

Domingo, 13 de Março de 2011

 

Oh yeah, cá estou eu outra vez!

 

 

 

 

 

 

Mimi, (sem) escrever parvoíces desde 2010.



publicado por Petit Mimi às 00:06 | link do post | comentar | ver comentários (5)

mais sobre mim
arquivos

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010