Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

 

 

 

Venho aqui para vos dizer que não, Coimbra não tem mais encanto na hora da despedida. Aliás, creio que nenhum lugar no mundo tenha encanto quando nos despedimos.

Coimbra é uma cidade linda, sem dúvida, mas na hora da despedida todo o brilho adicional que nela encontrámos não passa das lágrimas que tentamos prender nos nossos olhos.

Quando o comboio se afastava, esqueci-me completamente do Mondego translúcido a reflectir os últimos raios do sol, ou das pontes discretas, tão diferentes das sumptuosas pontes do Douro, e só conseguia ver ali o meu amor, cada vez mais pequeno no horizonte, cada vez mais distante.

Sei que no fundo somos uns sortudos, por ter um fim de semana assim, cheio de sol, passeios de mão dada, uma casa só para nós com um sofá demasiado confortável para não se dormir nele. E sei que é dias assim que fazem tudo valer a pena.

Mas quando o comboio arrancou apeteceu-me ficar, não haver despedida nenhuma que me afastasse dele.


tags: ,

publicado por Petit Mimi às 17:25 | link do post | comentar

2 comentários:
De jota a 8 de Setembro de 2010 às 13:16
Coimbra é uma cidade linda (embora, demasiadas vezes, seja esquecida).
E Coimbra torna-se ainda mais bonita, quando a vivemos e sentimos com amor :)
*


De Inês a 8 de Setembro de 2010 às 22:02
Por acaso perguntei às uns dias ao meu irmão porque é que se diz que "Coimbra tem mais encanto na hora da despedida" e ele respondeu que é quando partimos que nos apercebemos do quão bonita é realmente a cidade.
Vais ver que vão haver muitos mais desses dias :)
Beijinhos.
ps: obrigada por me teres dado o link do teu blog.


Comentar post

mais sobre mim
arquivos

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010